#VidaDeEstudante – O Que Esperar do Secundário (9º Ano ➙ 10º Ano)

É verdade, as aulas, para alguns, já começaram!

giphy.gif

Em seguimento do artigo com dicas para o secundário, vou fazer uma pequena série de três artigos acerca do que vocês podem esperar durante cada um destes três anos.

Hoje começamos, então, com a passagem do nono ano para o décimo ano, que equivale à entrada oficial no secundário:

  • A escala de avaliação é diferente

A primeira coisa que vão notar é que a escala de avaliação mudou. Agora, os alunos não são avaliados na escola de 0 a 5, mas sim de 0 a 20! Eu quando entrei no décimo ano, pensava que tirar um 18 era bastante fácil, porque não tinha noção de como a escala realmente funcionava. Para terem a noção: Um quatro vai de 70% a 84%, certo? Ora, no secundário, 70% corresponde a um 14. Um 18 corresponde a 90%. Vêm a diferença? Parece tão pouco, mas era uma percentagem que se calhar no básico era satisfatória! Vocês vão sentir muita diferença e vão reparar que a escala do secundário é mais hierarquizada e rigorosa.

Nota: Não te assustes se eras um aluno de quatros e cincos e chegas aos primeiros testes e não passas dos 13’s, 14’s e 15’s. É super normal, a exigência é muito maior e há uma adaptação que a tua mente vai ter de sofrer ao longo do primeiro período.

  • A partir daqui, tudo conta!

Uma das coisas que eu mais me arrependo foi não ter me esforçado ao máximo no décimo ano. Gente, a partir daqui, tudo conta para a tua entrada no ensino superior! Talvez na altura, pensei que aquilo que dei foi o meu máximo, mas hoje olho para trás e apercebo-me que poderia ter feito muito melhor! Durante estes primeiros meses, pode parecer que não faz mal ter um onze ou um doze na pauta.

“Eu depois subo” pensas tu.

Mas, depois, quando chegares ao 12º ano e calculares a tua média final, vais ter vontade de deitar aquele onze ou doze para o lixo, porque eles estragam-te a média toda! Faz um esforço acrescido no décimo! Faz mesmo. Dá tudo o que tens. 

  • Não tens exames!

Aproveita, sorri e sê feliz, porque não ter exames no décimo ano, faz dele o ano mais fácil do secundário. E digo ainda mais: Por não teres exames, não tens desculpa para não te esforçares ao máximo de modo a atingires o pico das tuas notas! Acredita que quando as notas dos exames cairem em cima, vais te arrepender de não teres posto um pouco mais de esforço naquela ou noutra disciplina.

  • Novas disciplinas

Dependendo da área que escolheste, vais ter, pelo menos, três disciplinas novas. Entre elas, independentemente do curso que escolheste, tens a famosa Filosofia.

Esta disciplina foi a minha maior incógnita ao longo da passagem para o 10º ano. Ninguém sabia explicar o que era e mesmo depois da primeira aula, ainda estava confusa com o objetivo daquela disciplina. Mas depois, com o tempo, finalmente percebi e comecei a ganhar um certo interesse por ela.

A filosofia é aquela disciplina que vai obrigar-te a ver o mundo doutra forma e vai mudar a tua perspetiva acerca da vida.  Se é fácil ou difícil? Depende! Podes ficar um professor super bacano ou com um professor lixado e super exigente. Tenho amigos que tiravam 17 e 18 num piscar de olhos com certas professoras, mas, com o meu professor, tirar um 15 era um sonho. Equivalia a um 20, sem problemas!

  • Professores mais exigentes

Os professores do básico não estavam a brincar quando desenhavam os professores do secundário como bichos impacientes de sete cabeças. Em relação aos do básico, eles são menos flexíveis e muito mais exigentes! O programa é enorme e eles têm de trabalhar consoante o tempo que têm. Agora, é claro que eles não dão a matéria a correr, nem vão passar por cima de tópicos sem que os alunos entendam, mas vão exigir mais atenção por parte dos alunos e os testes vão estar num nível de dificuldade superior.

  • As derradeiras perguntas de desenvolvimento

Parte do aumento da dificuldade dos testes de avaliação deve-se às perguntas de desenvolvimento! Foi uma das coisas que tive mais dificuldade a aperfeiçoar, porque elas exigem um enorme nível de compreensão da matéria e também, tens de saber expressar-te de forma clara e objetiva para teres toda a cotação. Normalmente, para as responderes, tens de abordar cerca de 2 a 3 tópicos que estejam relacionados com a pergunta! Não fiquem aflitos se nos primeiros testes não conseguirem responder às mesmas…

É algo que vocês vão aperfeiçoar ao longo do tempo!

  • Diferentes formas de ensino:

Digamos que os professores do básico são mais descontraídos a darem matéria. No secundário, os professores dão as aulas à sua maneira, não são obrigados a escrever no quadro tudo o que dizem e, normalmente, guiam-se por powerpoints com pouco texto ou até mesmo, pelo livro.

  • Menos carga horária!

Vais sentir uma enorme diferença em relação à carga horária.

Normalmente, no básico, tens cerca de 9 disciplinas contando com EDF. No 10º ano, passas a ter apenas 7. Isto vai fazer com que tenhas mais tempo para depositar no estudo de cada disciplina.

Notas Finais:

white-marble-background-61631

E, assim, termino mais um artigo #VidaDeEstudantes!

Esta rúbrica, #VidaDeEstudante, trará muitas mais dicas acerca do secundário. Muitos mais artigos sobre a passagem para o 11º e para 12º ano, métodos de estudo que eu utilizei ao longo destes anos, dicas para preparar para os testes de avaliação, etc etc. Tudo virá em breve com o andar de Setembro! 

Se tiverem dúvidas específicas acerca do Secundário, deixem em baixo na secção dos comentários juntamente com as vossas opiniões acerca do artigo de hoje.

Caso tenham gostado do artigo, metam um like e sigam o blog!

Se, por acaso, não tens conta no WordPress, podes continuar a deslizar esta página até ao fim (ou podes clicar no botão Menu) e subscrever-te ao blog via e-mail. Dessa forma, recebes sempre um e-mail a cada post. 

Obrigada a todos!

Vejo-vos da próxima vez que publicar,

tenor.gif

Adiosss

Advertisements

4 thoughts on “#VidaDeEstudante – O Que Esperar do Secundário (9º Ano ➙ 10º Ano)

  1. Estou neste momento no 12ºano, tendo já atravessado esta passagem há dois anos e, por isso, concordo com tudo o que escreveste. O 10ºano é um ano de adaptação, é certo, mas é o melhor ano para darmos tudo de nós e termos a melhor média possível.

    Bom post, parabéns!
    Beijinhos,
    inesmartinsxx.blogspot.pt

    Like

    1. Exatamente! Concordo plenamente contigo! O décimo ano é o ano mais acessível para subirmos as notas! Quero mesmo que toda a gente saiba isso 🙂

      Obrigada pela visita e pelo comentário 😘

      XOXO

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s